quinta-feira, 13 de outubro de 2011

FILHOTE...

Nati, dizer que eu te amo é chover no molhado... mas vou dizer até tu enjoar....


Ainda não inventaram uma palavra com valor maior que amor para explicar o que uma mãe sente por um filho. O que eu sinto por ti.


Pode passar o tempo que for, mas já disse e repito, tu vai ser sempre o meu bebê. O meu filhote.



Eu te amo mais que tudo no mundo, pode ter certeza disso. E vou estar do teu lado sempre que precisar de mim, nunca esqueça.



Nas horas tristes, quero estar contigo pra dividir tua tristeza; nas horas felizes, para multiplicar tua alegria.



Minha menina maluquinha, sempre fazendo caretas pras fotos.



Mas eu percebo que está crescendo, amadurecendo, e começando a ter outras preocupações...




Eu queria poder parar o tempo, pra não te deixar crescer, pra ser sempre minha menininha.



Com este jeito moleca, esperta, inteligente ...




Mas que também é doce e carinhosa.

Posso dizer, de novo, que te amo?

TE AMO, TE AMO, TE AMO!!!

Feliz aniversário!

Uma mordida na bochecha, da Mamãedada.

2 comentários:

Endry disse...

Ai, que maravilha conhecer a Nati, nem que seja por fotos ^^
Parabéns, Nati, querida! *-*
Tudo de ótimo pra ti :*

Kátia Giesen disse...

Meu Deus Andressa,

bem vinda ao rol das mães babonas e curujéeerimas da blogsfera!

Sua bb é linda demais! E as peraltices são beeeem parecidas com as dos meus! Era difícil uma foto sem caretas, kkkkkkk!

Bjinhos pra Nati! Já está chegando mais um níver dela! Como voa, né menina?!!